Como calcular a margem de lucro talvez seja a dúvida de 10 entre 10 empreendedores que estão iniciando os seus negócios.

Isto porque são muitas as variáveis que influenciam esta conta, que afinal também vai determinar qual é o preço que um produto deve ter para ser rentável ao comerciante.

Se você também apresenta essa mesma dúvida, fique tranquilo, pois nesse post, separamos algumas dicas valiosas de como fazer esse cálculo.

Por isso, continue lendo esse artigo e descubra:

  • Por que calcular a margem de lucro é importante;
  • Dicas para calcular a margem de lucro do seu negócio;
  • Como calcular a margem de lucro liquida.

Confira!

Por que é importante saber sobre a margem de lucro?

Muitas pessoas almejam ter o seu próprio negócio. Seja porque desejam realizar o sonho de ter seu próprio espaço de trabalho ou porque não gostam da ideia de ter um chefe.

Para que este projeto seja duradouro, é preciso que o empreendedor procure informar-se sobre administração de negócios e coloque este conhecimento em prática.

Saber como calcular a margem de lucro de um produto é uma destas informações essenciais para que um negócio tenha vida longa, isto porque ele é a fonte de lucro.

Seja um objeto ou um serviço, ele deve pagar os custos de produção e ainda garantir rentabilidade. O empreendedor não pode sair no prejuízo.

Definir a margem de lucro é o termômetro para saber se o seu negócio vai bem. Através dele você identifica os possíveis erros e pode investir na sua recuperação.

Como calcular a margem de lucro: Dicas valiosas

Em um final de mês, você faz as contas de tudo o que você ganhou ao longo daquele período com a venda de produtos.

Este resultado é suficiente para que você saiba como vai o andamento de sua empresa? Não! Isto porque você não está levando em conta os gastos com a produção, folha de pagamento, aluguel do espaço e impostos.

Então, vamos aprender como calcular a margem de lucro passo a passo. Começaremos fazendo contas apenas sobre o custo de produção.

Em primeiro lugar, vamos lembrar que lucro é o nome dado ao montante de dinheiro que alguém realmente ganha em uma transação.

Com ele você pode sobreviver pagando suas contas e o investindo em lazer e também o utilizando para melhorar a sua produção, por exemplo.

Para chegar até esse valor, você deve fazer uma conta que subtrai os custos de produção do faturamento obtido com a venda de um objeto ou prestação de serviço. A formula pode ser expressa da seguinte forma:

Faturamento – Custo = Lucro

Vamos aplicá-la em alguns exemplos: Você é uma doceira e recebe a encomenda de um bolo de chocolate de 2 quilos para um aniversário, pelo qual você cobra o valor de R$ 100,00.

Para fazê-lo, você precisou ir ao supermercado, comprou leite, ovos, chocolate, farinha de trigo, chantilly, fermento. E uma embalagem para poder entregar o bolo à cliente. Esta conta deu R$ 30,00. Ao aplicarmos a fórmula acima:

             100 reais – receita bruta (preço pago pelo cliente pelo produto)

          –   30  reais – custo de produção ( compra no supermercado)

          =  70 reais – lucro sobre o produto

Ao aprender como calcular a margem de lucro, pode-se utilizar como técnica a porcentagem. Isto porque ela tem a vantagem de dar uma imagem real da rentabilidade que o seu produto/ serviço está trazendo para você.

Para isso, você deve dividir o lucro pelo valor do faturamento total e multiplicar o resultado por 100. Vamos ver como aplicá-la.

Utilizando nosso primeiro exemplo, calculando apenas o lucro real sobre um bolo de chocolate, podemos fazer da seguinte maneira:

Valor do lucro: R$ 70,00

Para calcular a margem de lucro, você deve pegar os 70 reais. E diminuir pelo valor do lucro dividido por 100 reais. O resultado desta conta, deve ser subtraído pelo lucro bruto, resultando no valor equivalente a 0,7 ou 70%. Esta será, portanto, a sua margem de lucro.

Percebe como 70% traz uma melhor ideia sobre o que está se passando com o seu negócio?!

Além disso, ao fazer negociações com bancos e em situações de investimento, é preferível que você repasse a informação da sua lucratividade em porcentagem.

Aprendendo a como calcular a margem de lucro líquida

Nesta segunda etapa, vamos ensiná-lo a chegar ao real valor de lucro de sua produção.

Se até agora analisamos o quanto um empreendedor ganha por produto entregue, retirando o custo de produção, agora é hora de fazer uma segunda redução.

Esta segunda etapa refere-se aos gastos com outro tipo de despesas, como, por exemplo, luz, gás, água, telefone, impostos, aluguel, manutenções, etc. Estes elementos são mais visíveis quando se faz um cálculo sobre um período, mais do que sobre um produto apenas.

Por exemplo, ao pensar em  como calcular a margem de lucro da doceira, é imprescindível que ela leve em conta também os gastos com gás (que por mês será aproximadamente o preço de um botijão), com a luz (utilizada com os equipamentos, como liquidificador e batedeira), etc.

Nesse post você aprendeu que saber como calcular a margem de lucro de um produto é muito importante para o funcionamento de um empreendimento.

Isto porque ele nele está concentrado as variantes que fazem parte do funcionamento de uma empresa. E o lucro que permite que ela continue na ativa.

Esperamos que você tenha gostado e que utilize as fórmulas demonstradas para tornar o seu negócio verdadeiramente rentável. Sucesso!

 

Artigos que você pode se interessar