Atualmente, aqueles que se aventuram no meio empresarial acabam encontrando diversos outros empreendimentos atuando na mesma área. É praticamente impossível encontrar um nicho inédito e que já não possua concorrentes. Por isso, é cada vez mais comum a pratica de fazer uma parceria empresarial com eventuais “rivais” de mercado ou mesmo entre empresas que fornecem produtos que de alguma forma estão vinculados.

Se você já chegou até aqui por estar com dúvidas sobre a potencialidade desta estratégia, está no lugar certo! Conheça a partir de agora quais são os pontos positivos e negativos e decida se ela é ideal para a sua empresa.

Como fazer uma parceria empresarial?

Para introduzi-lo nesta discussão, vamos começar falando dos possíveis tipos de parceria empresarial que a sua empresa pode estabelecer com semelhantes.

O primeiro tipo é a incubação de empresas. Esta parceria consiste em acolher empresas jovens (como bebês!) e assessorá-las no início de sua jornada. A função de uma incubadora é ajudar as iniciantes com a parte jurídica, fiscal, financeira e proporcionar instalações de custos mais módicos, já que geralmente oferece um espaço e serviços compartilhados (luz, água, internet, etc) com outras empresas na mesma situação.

Esta experiência é interessante na medida em que o conhecimento técnico pode ser compartilhado e discutido entre as empresas, quando há possibilidade de criar seu próprio networking, criação de uma imagem de estabilidade que pode atrair mais investidores, acesso a mentores e pesquisas universitárias, dentre outros benefícios.

Um segundo tipo é a contratação de empresas que oferecem serviços terceirizados como segurança, limpeza, vendas, telemarketing, etc. Esta medida proporciona uma redução drástica de gastos, além de poupar o empreendedor de algumas preocupações jurídicas e burocráticas.

Um terceiro tipo é aquela que pode ser feita com fornecedores. É possível oferecer mais visibilidade às marcas parceiras e, pelo seu lado, também reduzir os gastos com a disponibilidade de produtos em estoque.

Existem outros modelos de parceria empresarial que podem ser estabelecidos e trazer crescimento para o seu empreendimento. Vale a pena explorar todas as possibilidades.

Veja também:

Principais vantagens da parceria empresarial

Expansão de público

A primeira vantagem que podemos destacar é a expansão de clientes que haverá para as empresas envolvidas. Ao juntar os seus esforços, cada uma tem acesso aos consumidores da outra, aumentando o público cliente de seus produtos.

Partindo de uma plataforma consolidada – haja vista que ambas já possuem um grupo consumidor-, as chances de expansão são grandes e seguras.

Melhor custo-benefício do mercado

Outro aspecto é que a partir do momento em que se firma uma parceria empresarial com uma marca que compete com a sua na área de atuação, é possível apresentar preços mais atraentes para os seus clientes.

Isto porque ambas não terão mais a preocupação em disputar consumidores através do critério financeiro. Mantendo a qualidade de seus produtos, é possível oferecer um preço que seja justo com os custos do processo de produção, assim como com o cliente que conhece o potencial dos artigos ou serviços e sabe que vale investir cada centavo neles.

Redução de gastos com fornecedores

A redução de custos e o oferecimento de um preço com ótimo custo-benefício também pode ser alcançada a partir de uma parceria empresarial com os seus fornecedores.

Como já foi abordado no tópico anterior, esta é uma medida que pode diminuir seus gastos com a compra de produtos ou matéria-prima para o seu negócio.

Uma ideia é dar mais espaço para os produtos de seus principais fornecedores, o que aumentará a visibilidade dos mesmos.

Outro caminho é que, ao passo de ter um vínculo com uma empresa do mesmo ramo de atuação, seu número de clientes aumentará, o que é vantajoso também para os seus fornecedores. Que tal apresentar os números a eles e negociar preços e quantidades que tragam vantagens para os dois?

A otimização da gestão empresarial

Outro ponto que é interessante da parceria empresarial é poder aperfeiçoar as suas atividades administrativas e as operações de produção e vendas de produtos e serviços.

Isto porque as empresas envolvidas podem (aliás, devem) compartilhar tecnologias e recursos utilizados na automatização de suas funções, o que permite obter uma gestão mais eficiente do negócio.

Poupar tempo com atividades que podem ser otimizadas apenas traz vantagens. É poder empregar esforços no que realmente importa, aumentar a produção. E ter mais tempo para criar estratégias de fidelização dos seus clientes.

Desvantagens da parceria empresarial

Como nem tudo são flores, vamos agora falar do outro lado da moeda, trazendo consequências que podem representar desvantagens e perdas para o seu negócio:

Conflito de interesses

Um problema que pode acontecer ao estabelecer esta parceria é o conflito de interesse entre as empresas. Por isso, mais do que procurar e escolher os seus concorrentes para parcerias a partir de sua visibilidade. Também é preciso incluir como critério a compatibilidade.

Para que haja um “match” entre ambas e possibilidades de dar certo, é preciso discutir e traçar objetivos e metas em comum.

Perda de identidade

Outra questão é que a parceria empresarial pode implicar na perda de identidade. Ou mesmo que uma empresa se sobressaia em detrimento da outra.

Levando em consideração que os clientes cada vez mais buscam escolher suas marcas. Também por se identificar com seus produtos e meio de atuação, é preciso refletir muito sobre como a relação com outra marca afetará o seu público consumidor.

 É preciso fazer adaptações na maneira de se apresentar? Qual é a opinião que meus clientes possuem sobre a empresa parceira? Corro o risco de perder meus clientes? Pense nisso!

Redução de qualidade

Outro risco que deve ser levado em conta é a mudança da qualidade do produto ou serviço oferecido pela sua empresa. Verifique e compare as mercadorias vendidas por ambos. E seja categórico ao exigir o que há de melhor para os seus clientes.

Conclusão

Esperamos que você tenha gostado dessa publicação sobre parceria empresarial. Agora que já sabe mais sobre as vantagens e desvantagens da parceria empresarial, terá mais repertório para basear seus julgamentos. E definir se ela vale ou não a pena para o seu negócio. Sucesso!

Artigos que você pode se interessar