Provavelmente, você já deve ter escutado que o Brasil é um dos países que mais possuem impostos no mundo, não é mesmo? Se você é empreendedor, saiba que dominar o conhecimento sobre carga tributária é imprescindível para o bom funcionamento de seu negócio.

Pensando nisso, preparamos este artigo de hoje para ajudá-lo a entender os principais tópicos sobre o tema, instigando-o a buscar mais informações sobre as suas obrigações e direitos fiscais.

Confira!

Carga tributária: Definindo conceitos

Em linhas gerais, podemos dizer que é através da carga tributária que conseguimos saber o quanto da riqueza nacional é destinado ao pagamento de impostos.

Para deixar mais claro, vamos retomar duas palavras que escutamos no dia-a-dia, seja pela televisão ou mesmo em conversa com amigos:

  • PIB

O chamado Produto Interno Bruto (PIB) é nada mais nada menos que a soma de toda a riqueza produzida em um determinado lugar, seja ele uma cidade, um estado, um país ou um continente.

Desta maneira, pega-se o que foi gerado pelo setor primário (agricultura, pecuária, pesca, etc), no setor secundário (indústria) e setor terciário (comércio e serviços) para saber a produtividade em certo espaço de tempo (mês, ano, etc).

Veja também:

Mas como o próprio nome indica, o resultado desta soma é o valor bruto, sem dedução de impostos. Ele é fonte para calcular o PIB per capita (a divisão do PIB pela quantidade de população, a fim de chegar a uma média de rendimento por pessoa). E realizar o estudo do IDH (Índice de Desenvolvimento Humano)

  • Impostos

E falando neles, afinal, qual é a sua definição? Eles são um encargo financeiro obrigatório que podem recair sobre uma pessoa física ou jurídica. Através de porcentagens estabelecidas, calcula-se um valor a ser pago para o Estado, que utilizará – em tese- este dinheiro para investir em saúde, educação, segurança, dentre outras obrigações governamentais.

Vale dizer que o seu não pagamento pode acarretar sanções de ordem penal e civil.

Unindo estes dois conceitos, podemos dizer então que a carga tributária é o valor encontrado quando analisamos o quanto os impostos intervêm na rentabilidade geral do país.

Por que é importante entender de carga tributária?

Como vimos, a carga tributária é aquela parte reservada do PIB que é direcionada para o pagamento de impostos. Em 2016, ela chegou na casa dos 32,3% do PIB, uma alta em relação aos três anos anteriores. Este número representa praticamente 1/3 de tudo o que é produzido no país.

Isto acontece porque um dos fatores é que por mais que haja uma baixa do PIB devido à crise econômica, por exemplo, o percentual de impostos a ser cobrado continua o mesmo ou ainda aumenta. É uma balança que costuma sempre pender para um lado.

Frente a estes cálculos, é possível obter informações sobre diversos aspectos, como:

  • Sobre a quantidade de impostos que são cobrados no país;
  • A natureza destes impostos;
  • Sobre quem a maioria deles recai;
  • A proporção entre o valor do rendimento e o que é cobrado de cada contribuinte;
  • A carga tributária está cobrindo os gastos dos cofres públicos, etc.

Alguns podem se perguntar: mas isto não é assunto para economistas? Pois bem, a resposta é não!

Os empreendedores também precisam ficar atentos sobre este assunto, já que a carga tributária faz parte da sua rotina administrativa.

Além disso, é importante ter conhecimento de como ela interferirá em seus negócios, assim como deve cumprir as suas obrigações fiscais a fim de garantir o funcionamento de seu estabelecimento.

Sendo empreendedor, como posso aprofundar meus conhecimentos sobre carga tributaria?

Como adiantamos no início do artigo, o Brasil é comprovadamente um dos países com a maior quantidade de impostos no mundo, ocupando o segundo lugar na América Latina, segundo a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Por isso, o empreendedor deve buscar aprender sobre a carga tributária. Pois ela será um ponto que interferirá nas atividades e processos desempenhados pelo seu negócio. Além disso, é provavel que nos próximos anos, ela aumente cada vez mais.

Entender sobre carga tributaria de fato não é fácil. Mas é preciso ter paciência para entender os seus deveres de pagamento. Como também o que pode garantir de benefícios através destes impostos.

Confira agora alguns meios disponíveis para aprender mais sobre o assunto:

  • O Impostômetro

Criado pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (o IBTP) em 2000, ele funciona como uma espécie de termômetro que mede o quanto de contribuição está sendo pago ao governo em hora real. Ele leva em consideração todos os níveis de administração. Da área federal até a municipal.

Acompanhar a quantidade de dinheiro que está sendo paga faz com que o empreendedor e outras pessoas leigas no assunto possam acompanhar o quanto é cobrado pelo Estado e ter a dimensão de seus direitos. O Instituto ainda traz parâmetros para que se saiba o que poderia ser feito com aquele dinheiro.

Para ter acesso às informações, acesse: https://impostometro.com.br/

  • Publicações SEBRAE

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, como sempre, está preocupado em trazer informações úteis para o empreendedor de maneira didática.

A questão da carga tributária não é uma exceção. Em seu site há publicações que explicam como ela afeta o dia-a-dia do administrador, como na hora de definir o preço de seus produtos ou serviços; como escolher o regime tributário ideal para a sua empresa; dentre outras atividades.

Conclusão

Esperamos que você tenha gostado deste artigo sobre carga tributária. Agora que entende a sua importância, pode analisar o quanto de sua receita bruta é direcionada para este fim. E o que cobrar como direito por seu pagamento.

Na internet não faltam fontes para que você possa aprender mais sobre este assunto. Comece pelos dois sites que recomendamos e saiba como lidar com os tributos. Compartilhe em sua rede estas informações e contribua para que mais pessoas estejam conscientes de suas obrigações e direitos fiscais.

Artigos que você pode se interessar