Montar um planejamento estratégico para montar uma vitrine para loja é essencial para um negócio decolar. O modo como os produtos são dispostos pode fazer uma diferença muito grande na hora de atrair os clientes.

Pensando nisso, é interessante que você crie estratégias em sua empresa para conhecer melhor seu público. É através de informações específicas como faixa etária, gênero, localização e gostos pessoais que você poderá traçar uma estratégia mais eficiente.

Uma boa forma de capturar esses dados é utilizar o Google Analytics, caso você tenha um e-commerce além da loja física.

Hoje, daremos 6 dicas para você montar uma vitrine para loja perfeita e estourar nas vendas. Acompanhe abaixo!

Explore todos os sentidos dos seus clientes

Um erro que não pode ser cometido ao criar uma vitrine para loja é achar que o visual é a única coisa que importa. Claro que é a primeira coisa que atrai o olhar do cliente, mas não é a única coisa que vai manter ele ali.

Além disso, você pode trabalhar diferentes aspectos no visual de uma vitrine. Trabalhar com luzes, cores e simetrias pode chamar muito mais a atenção do cliente do que simplesmente colocar ali os produtos.

Outra dica interessante é sempre deixar os produtos mais bonitos e chamativos da loja na sua vitrine. Eles causarão uma primeira impressão importante para o cliente. E mais, não deixe de sempre deixar à mostra produtos para que o cliente possa ver, pegar, sentir, experimentar, etc.

Trabalhar com sons e aromas dentro da loja também pode ser um diferencial para que a sua vitrine para loja seja a mais chamativa possível.

Não ignore as luzes

Uma estratégia interessante é trabalhar as luzes da sua vitrine de forma que o cliente perceba produtos que geralmente passariam despercebidos. Se o gasto energético da sua loja for alto, opte por lâmpadas de LED. Elas são mais baratas e podem causar efeitos ainda melhores, dependendo dos detalhes dos produtos.

Focar na iluminação dos produtos é muito importante. Isso é o que vai chamar a atenção dos clientes logo em um primeiro momento. Por isso, nunca economize na iluminação. É preferível cortar gastos em outros segmentos do que na vitrine para loja.

Cuidado ao precificar os produtos

Outro aspecto importante de uma vitrine para loja é saber onde colocar os preços na hora de expor os produtos na vitrine.

É preciso levar em consideração que o Brasil está passando por uma crise. Se você colocar os preços mais altos na vitrine, as chances de afastar os clientes serão maiores, mesmo que eles nem tenham entrado em sua loja. Muitas pessoas farão pesquisas de preço, e poderão optar pelos mais baratos.

Ao mesmo tempo, não é interessante desvalorizar sua marca e seus produtos. Portanto, encontrar um equilíbrio é essencial para atrair mais clientes. Padronize também a forma como os preços serão colocados ao lado dos produtos. Criar esse tipo de simetria atrai mais os olhares.

Informe apenas o necessário

É normal que muitos lojistas, na hora de criar a vitrine para loja, encham de informações desnecessárias.

É importante destacar os principais produtos, os descontos, mas nada de exageros. Poluir visualmente a vitrine só afastará os olhares dos clientes.

É importante informar as prioridades, mas nunca em exagero. Você não vai querer passar uma imagem apelativa de compra para os seus clientes. Ao contrário do que muitos pensam, apelar na hora de tentar vender um produto é a pior solução.

É importante fazer o cliente perceber mais valor do que preço nos seus produtos. Ao tentar empurrar um monte de informações, você fará exatamente o contrário. Pense na sua estratégia para vender mais em épocas festivas, como no natal, por exemplo.

Tome cuidado com o espaço disponível ao montar uma vitrine para loja

Um erro bastante cometido é o de não respeitar o espaço de uma vitrine para loja. Muitas lojas entopem suas vitrines com produtos, sem se importar em amontoar tudo em um canto.

Não cometa esse erro. É importante que você mostre os produtos mais relevantes, mas não se preocupe em tentar mostrar todos de uma vez só.

O ideal é que você separe por categoria e tamanho. Tente agrupar de um lado os produtos menores, e de outro os maiores.

Pense do seguinte modo: o ideal é que ao construir uma vitrine para loja, você monte de forma que um cliente possa observar os produtos de longe e de perto, sem ficar perdido em relação ao que está vendo.

Nunca mostre o que a loja não tem

Um dos erros mais graves que podem ser cometidos ao criar uma vitrine para loja é expor um produto que a loja não tem.

Não há nada mais frustrante do que chegar para comprar um produto e descobrir que ele está em falta. Além de irritar o cliente, fará com que a sua loja perca credibilidade.

Uma alternativa para expor um produto importante de sua loja, mesmo quando ele estiver em falta, é colocar avisos na vitrine indicando que são produtos limitados e já estão nas últimas unidades.

Assim, o cliente já entra com a perspectiva de que pode não encontrar o produto. Isso não fará sua credibilidade cair, ao mesmo tempo o cliente poderá voltar um tempo depois em busca do mesmo produto.

O que você achou das 6 dicas para montar uma vitrine para loja? Se você gostou, deixe o seu comentário abaixo. Não se esqueça de assinar nossa Newsletter! Assim, você sempre receberá dicas como essas e ficará atualizado com todos os nossos conteúdos!

 

Fontes:

http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ufs/ap/artigos/como-montar-sua-vitrine,83baace85e4ef510VgnVCM1000004c00210aRCRD?origem=tema&codTema=6

http://pme.estadao.com.br/noticias/noticias,confira-21-dicas-do-sebrae-para-montar-a-vitrine-da-sua-loja,6022,0.htm

 

Artigos que você pode se interessar