Já é consenso que quem vende online não tem tempo para perder e quanto mais simples e eficientes as ferramentas forem, melhor.

“Estamos vivendo um momento ótimo para quem vende online, mas isso requer agilidade. Você tem que vender e vender rápido”, comenta Lea Affonso, da Menina do Laço

Sua loja online existe há 12 anos e Lea acompanhou as mudanças de vender online. “Sou do tempo em que o Mercado Livre cobrava por clique! Se um cliente clicasse no produto e não comprasse, eu pagava pelo clique”, relembra Lea.

Atenta às novidades do mercado, Lea criou uma conta no AliExpress assim que o marketplace chegou ao Brasil, em setembro. 

“Criei a conta e já subi 20 anúncios que estão rodando. Diferente de outras experiências, eu achei a ferramenta muito simples e fácil de mexer. Isso não foi uma percepção só minha, foi de todo o meu time”, comenta Lea, que conta com outras quatro pessoas na equipe.

Com o AliExpress é mais fácil porque ele conta com uma ferramenta de importação de anúncios. Em poucos segundos, os produtos anunciados no Mercado Livre e na Shopee são importados para o marketplace chinês. O anúncio vem completo, com descrição e foto.

“Estamos num momento corrido. Você precisa vender e vender rápido. Se eu tiver dificuldade com a plataforma ou o suporte for lento, eu perco vendas. E isso não aconteceu com a ferramenta de importação de anúncios da AliExpress. A usabilidade é ótima e o time de suporte está sempre à disposição”, finaliza Lea.

Com as grandes datas do varejo cada vez mais próximas, a visibilidade de seus produtos é o que vai garantir o sucesso de suas vendas!

Se você começou a vender agora no AliExpress, confira essas dicas.


Experimente gratuitamente a ferramenta.

Artigos que você pode se interessar