O Shopee não para de crescer! 

No Brasil, o marketplace já ocupa o lugar de aplicativo de comércio mais baixado no país e, segundo analistas do Grupo Itaú, a estimativa é de que o valor dos bens vendidos pela Shopee, em 2020, tenha superado os R$ 12 bilhões.

Ou seja, se você deseja adentrar no mundo das vendas nas plataformas digitais, ou já empreende na área, mas ainda não investe no Shopee, é hora de repensar a sua estratégia.

Para saber mais sobre o assunto, continue lendo e entenda como ser um Shopee Seller!

Central Shopee: conheça as vantagens de vender no marketplace

Se você deseja se tornar um vendedor no Shopee, saiba que a plataforma oferece inúmeras vantagens para os Sellers (forma como são chamados os vendedores que disponibilizam seus produtos em sites que atuam como marketplaces).

Confira algumas delas:

  • Diferente de alguns marketplaces, no Shopee qualquer pessoa pode vender, não sendo necessário ter um CNPJ, e sim apenas um CPF.
  • Cadastro e vendas acessíveis, sendo necessário apenas um computador ou celular para ser vendedor;
  • Cupons de desconto de frete disponibilizados pela plataforma, atraindo mais clientes para a sua loja;
  • Forte investimento da plataforma em marketing, também atraindo mais consumidores;
  • Suporte aos vendedores no chamado “programa de incubação” e também conteúdos disponibilizados com objetivo de profissionalizar os sellers do Shopee, dentre inúmeros outros benefícios!

Shopee Seller Center: como começar a vender?

Ficou interessado e quer saber como vender no Shopee?

Vamos te explicar!

  • Passo número 1: Entre no site do Shopee e clique em “Cadastrar”.
  • Passo número 2: Mude o perfil para vendedor, na aba “Central do vendedor”;
  • Passo número 3: Personalize a sua loja em “Perfil da loja”;
  • Passo 4: É hora de começar a cadastrar os seus produtos! Clique em: “Produto”-> “Adicionar Novo Produto” e digite o nome do item e a categoria que ele se encaixa, além de informações sobre ele;
  • Passo 5: Clique no botão “Publicar” e comece a vender!

Viu só como anunciar no Shopee é mais fácil do que se imagina?!

E, para te ajudar a bombar nas suas vendas, separamos algumas dicas para você!

Dicas para bombar no Shopee e vender mais

1- Fique atento (a) às tendências do momento

Você sabe quais são as tendências Shopee?

Estar atento a esse tópico é crucial para alavancar as suas vendas!

Estar atento às tendências pode ajudar a alavancar o seu negócio.

Pesquise quais são os produtos que mais tem saída, estude os seus concorrentes e o seu público e quais são as tendências do momento no Brasil e no mundo.

2- Não esqueça da experiência de venda

O foco total deve ser no cliente, que busca uma boa experiência de compra.

Preste atenção em tópicos como preço, frete grátis, entrega, dentre outros fatores que podem ser decisivos no momento de compra. 

3- Esteja atento a qualidade das fotos e vídeos

É inegável que fotos e vídeos com boa qualidade passam mais credibilidade ao potencial cliente. 

Aspectos como iluminação, cenário e enquadramento podem fazer toda a diferença no seu material. 

4- Descrições precisas auxiliam o cliente a comprar

Uma descrição detalhada do produto pode ser o que faltava para o seu cliente efetuar a compra.

Não se esqueça de investir tempo nesse aspecto.

Fiz minha primeira venda: quando receberei o pagamento?

Para receber o pagamento do Shopee, acesse a “Carteira Shopee”, na Central do Vendedor, e solicite o saque do valor das vendas na conta bancária cadastrada. 

O prazo pode levar de 7 a 10 dias, a depender da data que os Correios notificam a plataforma que o produto foi entregue. 

Conte com o sistema Lexos nessa jornada

Com um Hub de Integração a sua loja pode estar presente, tanto no Shopee, quanto em diversos outros marketplaces, além da loja virtual.

O Lexos Hub conecta informações de anúncio, expedição e estoque, fazendo a interligação com diversos marketplaces.

Quando o cliente compra o produto em qualquer dos marketplaces integrados ao Hub, você recebe a notificação, já com a impressão da etiqueta de expedição e nota fiscal. Então, é só separar o produto e despachar. O sistema que está interligado ao seu ERP, dá baixa no estoque e atualiza em todos os marketplaces.

Artigos que você pode se interessar