Muitos empreendedores ficam na dúvida na hora de escolher entre POS e TEF. Esses dois sistemas de transmissão de operações financeiras são bastante comuns no meio comercial, mas apresentam características totalmente distintas entre si.

Saber a diferença, vantagens e desvantagens de cada um é fundamental, pois só assim será possível avaliar qual a alternativa é a mais adequada para atender as necessidades do seu negócio.

Pensando nisso, criamos esse post para que você possa aprender o que é POS e TEF e mais:

  • Quais as vantagens e desvantagens do POS e TEF;
  • Qual a opção entre POS e TEF é a melhor para o seu negócio.

Confira!

 

O que é POS e TEF?

POS

POS é a sigla para Point of Sale, que em português significa Ponto de Venda.

Basicamente POS é aquela maquinha de cartão portátil, que geralmente é usada em restaurantes e outros estabelecimentos comerciais que visam oferecer mais comodidade aos seus clientes na hora de efetuar o pagamento.

Existem diversos modelos e marcas de POS no mercado, as mais novas já possuem tecnologia sem fio, aceitam pagamento pelo smart phone , e diversas bandeiras do mercado como por exemplo VISA, MASTER CARD, STONE, etc

Elas geralmente ficam em balcões de atendimento no pequeno varejo e são comercializadas através de locação e também as taxas de cada bandeira utilizada.  Essa é a alternativa mais tradicional no mercado.

 

maquina de tef pin pad

Já TEF é a sigla para Transferência Eletrônica de Fundos. Esse sistema também é utilizado para realizar operações com cartões de débito e crédito. Contudo, ao contrário da POS que pode ser deslocada, essa opção fica fixada no caixa.

Geralmente essa opção é utilizada por negócios que atuam com um grande volume de vendas. Já que assim é mais fácil fazer o controle financeiro das operações do empreendimento.

Os novos equipamentos de TEF (pin pad) também já possuem tecnologia NFC – Near Field Communication,  que permitem pagamentos através de celulares, como por exemplo Samsung Pay e Apple Pay.

Esse tipo de transação está cada vez mais se tornando habitual no brasil pela facilidade desta nova tecnologia.

Quais as vantagens e desvantagens de POS e TEF?

 

Agora que você já sabe exatamente o que é POS e TEF, vamos falar das vantagens e desvantagens de cada opção.

POS

Uma das principais vantagens do POS é o seu preço mais acessível. Essa acaba sendo uma excelente alternativa para estabelecimentos que conseguem trabalhar apenas com uma maquininha.

Além disso, a dinâmica de funcionamento dele é bem simples e intuitiva. O que acaba sendo um diferencial para quem não tem muita confiança ao lidar com esse tipo de tecnologia.

Para quem possui estabelecimento no ramo alimentício, como restaurantes, lanchonetes, pizzarias e cafés, por exemplo, essa é uma ótima opção. Você poderá dar mais conforto e praticidade para seus clientes. Além disso, ela acaba sendo mais vantajosa para quem trabalha com delivery.

Apesar desta ser uma opção bastante vantajosa, ela também apresenta suas desvantagens que precisam ser levada em consideração. Para começar, esse tipo de maquinha precisa estar obrigatoriamente atrelada a uma rede adquirente.

Além disso, esse tipo de equipamento não abrange tantas bandeiras. Logo é necessário ter várias maquininhas.

Outra desvantagem é que a contabilização de transações é bem mais demorada, uma vez que é necessário fazer a conferencia de cada comprovante expedido.

TEF

O TEF também tem suas vantagens e desvantagens. Um dos pontos positivos é que todas as transações são contabilizadas automaticamente no software de gestão. Isso acaba evitando erros de faturamento, bem como fraudes.

Outro diferencial dessa alternativa é que ela abrange um grande número de bandeiras. O que acaba sendo bastante benéfico para empreendedores que atuam com um grande volume de vendas e que precisam oferecer uma variedade de opções de pagamento via cartão.

Além disso, como toda a contabilização de transações é feita de maneira automática, não é necessário guardar todos os comprovantes. Ou seja, além de facilitar a gestão financeira do negócio, esta opção também representa uma solução sustentável.

Mas é claro que o TEF também tem seus pontos negativos. Para começar essa alternativa é fixa. Ou seja, acaba prejudicando quem atua com sistema de delivery.

Além disso, o TEF também exige um custo de implantação um pouco maior. Isso porque além da maquinha, é necessário um software apropriado e também assistência técnica para eventuais problemas além de ter que adquirir ou alugar um PIN PAD para inserir o cartão de credito de cliente.

POS e TEF: Qual escolher?

 

Agora que você já conhece as vantagens e desvantagens de POS e TEF, deve estar se perguntando qual alternativa escolher para o seu negócio, não é mesmo?!

Bom, essa resposta vai depender muito das características e necessidades do sue negócio. O ideal é que você sente e avalie os seguintes aspectos para tomar essa decisão:

Volume de vendas

A primeira coisa a ser levada em consideração para escolher entre POS e TEF é o volume de vendas do seu negócio.

O TEF é uma solução mais indicada para o empreendedor que atua com um grande volume de operações no cartão de débito ou crédito em seu negócio. O ideal é que elas somem mais de 75% do total de transações. Agora, se o seu negócio não tem um grande volume de vendas no cartão, talvez seja mais interessante optar pelo POS.

Delivery

Se a sua empresa oferece opção de Delivery, então você precisará obrigatoriamente de uma maquinha portátil. Apesar de boa parte dos consumidores ainda usar o pagamento em dinheiro, oferecer a possibilidade de pagamento em cartão é um diferencial importante e que você não pode deixar de considerar.

Isso porque a maioria dos clientes irá preferir essa modalidade. Não só pela questão de praticidade mas também por questões de segurança. Nesse caso o ideal é optar pelo POS, uma vez que a maquinha poderá ser levada para o cliente sem qualquer problema.

Quantidade de bandeiras

Outra questão que precisa ser levada em conta é a quantidade de bandeiras que o seu estabelecimento deseja atender. Se ele é bem específico, talvez seja interessante apostar na POS.

Agora, se os seus clientes usam uma grande variedade de bandeiras, o TEF é mais indicado. Além deste possuir uma quantidade de bandeiras aceitas maior, também é importante enfatizar que você terá todas as opções em um único equipamento. Não será necessário ter várias maquinhas, que irão gerar mais despesas para o seu empreendimento.

Ou seja, é preciso avaliar com calma as necessidades do seu empreendimento antes de tomar uma decisão.

De qualquer maneira, é importante que você tenha em mente que em qualquer uma das opções você pode integrar um software de gestão. Ele te ajudará a manter um maior controle financeiro do seu empreendimento.

Conhece o sistema de gestão da Lexos e faça o controle total da sua empresa !

Acesse: www.lexos.com.br

Por isso, ao escolher entre POS e TEF, não esqueça de investir em um programa do gênero. Você verá que ele fará toda a diferença no seu negócio.

Artigos que você pode se interessar