Embora o planejamento estratégico ainda seja um bicho de sete cabeças para muitos empresários, não precisa ser desse modo.

Um planejamento estratégico empresarial bem aplicado pode elevar a empresa de posição, destacá-la no mercado de trabalho, diferenciá-la de outras empresas e maximizar seu potencial de produção.

Um plano eficiente deve considerar aspectos essenciais para que uma empresa possa crescer, tais como:

  • Ambiente interno à empresa;

  • Ambiente externo à empresa;

  • Indicadores de desempenho;

  • Criação de metas e objetivos;

  • Segmentação dos clientes;

  • Definir estratégias a serem utilizadas;

Qual é a importância em se criar um planejamento estratégico?

Para que uma meta seja atingida, é preciso antes definir qual é essa meta. Sem essa prévia definição, dificilmente a empresa chegará onde quer.

Não são apenas as maiores empresas que devem criar um planejamento estratégico. Pequenas e médias empresas também podem se beneficiar no mercado de trabalho.

Independente de quais sejam os objetivos de uma empresa, é preciso fazer um bom planejamento. Caso contrário, os funcionários de uma empresa nem saberão por onde começar.

Quando o planejamento estratégico for criado, considere antes os objetivos traçados. Considere também os valores que a empresa adotou. Analise como deve ser feita a administração da empresa.

Faça algumas perguntas para ajudar a criar um planejamento estratégico, como:

  • Por que a empresa deve ser conhecida?

  • O que nós queremos?

  • Para onde a empresa deve caminhar?

  • Por que ela deve ser lembrada pelas pessoas?

  • Por que ela deve ser um exemplo?

Quando um planejamento deve ser iniciado?

Muitos empreendedores e empresários demoram muito às vezes para começar o planejamento. Isso porque acreditam que ele deveria ser criado em épocas específicas em uma empresa.

A verdade é que não existe uma hora certa para começar a se planejar. Isso vai depender muito de acordo com os ciclos de cada empresa.

Imagine, por exemplo, que você é dono de uma empresa voltada para o ramo alimentício. Dificilmente a sua empresa passará por períodos que variem tanto ao longo do ano. A não ser que seja direcionada a alimentos consumidos em épocas muito específicas. Um exemplo disso seriam alimentos consumidos em datas festivas, como páscoa e natal.

Mas, se não for o caso, não há porque esperar. Agora, imagine que você é dono de uma empresa de celulares. A tecnologia muda constantemente. Atualizações são feitas em períodos curtíssimos de tempo. Nesse caso, o planejamento estratégico deverá seguir as tendências do que você vende ou produz.

Faça uma análise minuciosa do ambiente interno e externo

É importante conhecer a fundo todos os recursos disponibilizados pela empresa. O planejamento estratégico deve ser criado e pautado muito com base neles.

Alguns exemplos de itens a serem analisados no ambiente interno são:

  • Motivação dos funcionários. A equipe está engajada?

  • Qual é a qualidade dos produtos utilizados? Evite gastos extras;

  • Os processos funcionam de forma engrenada?

  • Há todo equipamento necessário?

  • As instalações da empresa são suficientes para a produção?

Criar metas baseadas nas necessidades mais básicas da empresa é o primeiro passo. Avalie se todos eles se encaixam como uma engrenagem. Se alguma das partes não trabalhar bem, será difícil atingir aquele objetivo.

Por outro lado, é de extrema importância avaliar o cenário externo à empresa. Você já pensou nos seguintes itens?

  • E se a legislação local mudar?

  • E se o interesses dos clientes mudar?

  • E se os hábitos de compras também mudarem?

  • O país está passando por uma crise?

  • Como a crise pode afetar esse segmento?

  • Você está segmentando o seu negócio para o público certo?

Para que a empresa possa criar um planejamento estratégico eficiente, é preciso fazer uma divisão do ambiente externo em dois blocos. Tudo o que está próximo e distante da empresa. Isso vai facilitar bastante a gestão.

Podemos considerar distante tudo aquilo de âmbito nacional. Por exemplo, crises, mudanças nas leis, etc. Por outro lado, podemos considerar perto tudo aquilo que influencia nas decisões a curto prazo. Por exemplo, a questão da concorrência local, insumos, hábitos dos clientes locais, legislação municipal, etc.

Crie metas e defina quais estratégias serão empregadas

Após a criação de metas, a empresa precisa definir quais serão as estratégias usadas.

Isso deve ser feito para definir qual será a metodologia usada pela empresa.

Uma estratégia bem planejada é essencial para destacar uma empresa de seus concorrentes.

Existem, pelo menos, três estratégias que podem ser utilizadas para traçar o caminho rumo ao sucesso. Elas são:

  • Diferenciação

  • Liderança de baixo custo;

  • Foco;

A estratégia de diferenciação foca na qualidade do que é oferecido pela empresa. Tanto de produtos quanto de serviços. O objetivo é passar a concorrência e se destacar no mercado.

Já a liderança de baixo custo, como o próprio nome diz, busca a diferenciação através dos preços. A empresa busca maneiras de ganhar da concorrência oferecendo preços mais acessíveis para os clientes.

E já o planejamento baseado no foco mira colocar a empresa no topo focando no segmento. Esse termo pode ter um amplo significado. Porém, o foco não depende dos objetivos estabelecidos por uma empresa.

Cada estratégia deve ser adequada ao consumidor alvo. Se os clientes pertencem à classe alta, a estratégia de diferenciação deve ser usada. Se os consumidos pertencem à classe baixa, a liderança de baixo custo é uma melhor opção. No entanto, utilizar a liderança de baixo custo não significa necessariamente que a empresa não deva fornecer produtos ou serviços de qualidade para seus consumidores.

Se você colocar essas dicas em prática, poderá criar um planejamento estratégico eficiente. O resultado provavelmente será positivo e você poderá se destacar no mercado.

Gostou das informações de hoje? Deixe o seu comentário abaixo! E não deixe de assinar nossa Newsletter para ficar atualizado com nossos conteúdos!

Fontes:

http://blog.convenia.com.br/10-passos-para-montar-um-bom-planejamento-estrategico/

https://endeavor.org.br/estrategia-e-gestao/planejamento-estrategico-como-fazer-e-por-onde-comecar/

http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/bis/como-elaborar-um-planejamento-estrategico,854836627a963410VgnVCM1000003b74010aRCRD

Artigos que você pode se interessar