O Certificado Digital é um tipo de tecnologia de segurança que vem sendo amplamente utilizado para várias operações. Por isso, saber o que é Certificado Digital é muito importante para qualquer empreendedor, independentemente do segmento ou porte da empresa.

Inclusive, muitas tarefas administrativas que o empreendedor precisa cumprir para se manter regularizado, só podem ser feitas se apresentarem esse certificado.

Nesse artigo, você vai saber mais sobre o que é Certificado Digital. Por isso, continue lendo esse post até o final e descubra:

  • Como funciona o Certificado Digital;
  • Para que ele serve;
  • Qual a diferença entre Certificado Digital A1 e A3;
  • Principais benefícios de ter um Certificado Digital;
  • Como conseguir um Certificado Digital.

Confira!

O que é Certificado Digital?

Para quem deseja saber o que é Certificado Digita, este nada mais é do que um arquivo eletrônico que tem como função, ser uma assinatura digital válida juridicamente.

Ele tem como principal objetivo, garantir que as transações eletrônicas, bem como outras operações realizadas via internet (sejam elas de pessoas físicas ou jurídicas), sejam realizadas com mais segurança e agilidade, independentemente do local que o dono da operação esteja.

Atualmente, o Certificado digital para empresas é o que há de mais moderno quando o assunto é proteção de dados trocados no ambiente virtual.

Isso porque, esse tipo de token certificado digital foi especialmente desenvolvido não só para assegurar as informações, mas, também, garantir autenticidade a elas.

Como funciona e para que serve o certificado digital?

Agora que você sabe o que é certificado digital, provavelmente está se perguntando como ele funciona na prática ou para que ele serve, certo?!

Pois bem, esse arquivo eletrônico funciona, basicamente, como uma identidade eletrônica. Apenas com ele é possível autorizar uma série de operações importantes, evitando fraldes e possíveis golpes.

O certificado digital é uma ferramenta relativamente simples que visa facilitar a vida de quem precisa realizar operações pela web. Ele funciona como uma assinatura ou carteira de identidade virtual.

Para que a autenticação da identidade do operador seja feira, são utilizados procedimentos lógicos e matemáticos complexos. Eles criptografam todas as informações, garantindo assim total segurança as informações, bem como a confirmação de autoria da operação.

Esse arquivo eletrônico contém todos os dados da pessoa física ou jurídica. Esses dados são associados a uma chamada chave pública. E por conta disso que é possível realizar e autorizar uma série de procedimentos pela web, com segurança e agilidade.

É possível realizar uma série de tarefas através de um certificado digital. Mas entre os principais estão:

  • Assinatura de documentos via internet;
  • Envio de declarações emitidas por empresas para órgãos competentes;
  • Realização de transações bancárias;
  • Assinaturas de notas ficais, como as (CTs-e);
  • Fazer login em ambientes virtuais como o site de declaração de impostos para empreendedores e o portal do empreendedor para MEIs;
  • E muito mais.

Até algum tempo atrás, ter um certificado digital era algo muito raro. Contudo, atualmente, praticamente todas as operações de uma empresa só podem ser realizadas através desse documento eletrônico, uma vez que é ele que autentica a autoria de uma série de operações essenciais.

Diferença entre certificado digital A1 e A3

Muitos empreendedores não fazem ideia que existem dois tipos de certificado digital, e com isso acabam tendo problemas em algumas transações.

Para que isso não aconteça com você, vamos explicar agora a diferença existente entre o certificado digital A1 e A3, que são os documentos digitais mais usados por empresas hoje em dia para validação de determinadas operações.

Certificado A1

O certificado digital A1, não necessita de qualquer tipo tokens ou smart cards. Mas o que são tokens e smart cards?

Basicamente, eles são dispositivos móveis que são usados para validar os dados do documento digital. Eles têm validade de um ano, e por isso precisam ser renovados.

Por não necessitar desse tipo de dispositivo, os certificados A1 acabam ficando presos a um único computador. Logo, você não pode validar ele em outros locais.

Certificado A3

O certificado digital A3 por sua vez, tem esse tipo de token certificado digital. Ou seja, ele pode ser facilmente levado para outros computadores, e não precisa ficar salvo em apenas um único.

Tudo o que você precisa fazer é fornecer a senha dele. Assim, os dados são assinados com segurança.

Quando você adquire esse tipo de certificado digital, uma senha é definida para o titular do documento digital. Apenas o proprietário do arquivo deve ter essa informação.

Além disso, logo após a definição dessa senha, a Autoridade Certificadora vai gerar  duas chaves no token. Uma chave pública e outra privativa.

Mas o que isso quer dizer? No caso da chave pública, ela será enviada à Autoridade Certificadora juntamente com a solicitação de emissão do certificado.

Por sua vez, a chave privada ficará armazenada diretamente no token escolhido.

Mas você deve estar se perguntando, o que acontece se o token for perdido? Qualquer um poderá assinar operações tendo ele em mãos?

NÃO, isso porque, além do token a pessoa precisaria da senha que apenas o proprietário do documento digital vai ter. A não ser que esse terceiro que encontrou (ou roubou) o token tenha também a senha, ele não poderá fazer nenhum tipo de operação com ele.

Quais são os principais benefícios?

Sabendo o que é certificado digital, bem como o funcionamento desse documento eletrônico, você deve estar se perguntando quais são os benefícios deles. Nós separamos alguns dos principais. Confira abaixo:

1.    Garantia da validade jurídica dos documentos eletrônicos

Com um certificado digital você pode garantir a validade de documentos jurídicos. Dessa forma, não é necessário passar por processos extremamente burocráticos, que exigem muito tempo e esforço do empreendedor.

Esse tipo de documento digital dispensa reconhecimento de firmas. Logo, é possível autenticar contratos ou declarações de qualquer parte do mundo.

2.    Economia de tempo

Mais uma das vantagens de ter um certificado digital é a economia de tempo. Quem tem um negócio próprio sabe que a rotina diária é extremamente atarefa. Isso porque, é preciso lidar com uma série de tarefas administrativas.

Desde a emissão de notas fiscais até a elaboração de declarações. E tudo isso se torna mais rápido se você tiver esse tipo de documento digital.

A autenticação é feita em questão de segundos, e você não precisa se preocupar em se deslocar até algum lugar especifico para assinar documentos.

3.    Mais segurança

Sem sombra de dúvidas mais uma das vantagens desse tipo de documento digital é a segurança que ele traz. Em uma assinatura convencional, por exemplo, existe a possibilidade de alguém copiar ela, e tentar realizar operações em nome da empresa.

Já com o certificado digital, são criadas duas chaves únicas, criptografadas, que não podem ser replicadas. Isso porque elas são geradas aleatoriamente, por meio de complexas funções matemáticas.

Elas acabam sendo mais seguras até mesmo do que as tradicionais senhas. Afinal de contas, a nossa tendência é colocar senhas que remetam a algo da nossa vida, de modo a facilitar a memorização (o que é um grande erro).

4.    Pode ser usado em uma série de tarefas

Mais um dos benefícios do certificado digital, é que ele pode ser usado em uma série de tarefas. Desde declaração de imposto de renda, até transferências bancárias.

Com isso, você não precisa se preocupar em assinar pessoalmente documentos, ou de criar várias senhas para diferentes operações. Tudo é centralizado de forma segura nessa assinatura digital, oferecendo ainda mais agilidade para o seu dia a dia.

5.    Integração com sistemas

O certificado digital também pode ser integrado a sistemas, de modo a facilitar o seu dia a dia. Emissão de notas fiscais, transferência de dados para órgãos públicos, alterações nos dados da empresa, tudo isso pode ser otimizado por meio desse documento digital.

Consequentemente, isso também acaba gerando uma redução de despesas! Quando você otimiza o dia a dia, e ainda evita a impressão de documentos para serem assinados, os custos do seu empreendimento acabam reduzindo.

Essas são apenas algumas das vantagens que podem ser desfrutadas por quem sabe o que é certificado digital. Não é à toa que cada vez mais esse documento está presente no dia a dia.

Como conseguir um certificado digital?

Não adianta saber o que é certificado digital, sem conhecer o processo para conseguir esse tipo de documento eletrônico. Primeiramente, é necessário escolher uma autoridade certificadora (AC). Ela é como se fosse uma espécie de cartório” digital, onde a sua assinatura eletrônica é criada.

Existe várias dessas autoridades espalhadas pelo Brasil, que são subordinadas ao ICP-Brasil, serviço público criado em 2001.

Esse órgão tem como principal objetivo, monitorar e regular toda a questão de emissões de certificados digitais dentro de território nacional.

Quem credencia e audita todas essas autoridades certificadoras é o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), uma autarquia vinculada à Casa Civil da Presidência da República.

É muito importante fazer o seu certificado digital nesse local. Isso porque, existem muitas empresas de fachada que dizem fazer esse tipo de serviço, mas que na verdade aplicam golpes. Para não correr esse tipo de risco, o ideal é conferir a lista completa de ACs, que está disponível no site oficial do ITI.

Aproveite para conferir mais sobre o assunto lendo o post Como comprar certificado digital: Serasa Experian, Certisign, Caixa.

Agora que você já sabe o que é certificado digital, e como conseguir um, não deixe de escolher um programa de gestão que permita a integração dele no seu dia a dia.

Dessa forma, a rotina da empresa se tornará ainda mais otimizada, uma vez que as operações serão feitas com mais agilidade através desse documento eletrônico.

Artigos que você pode se interessar