Muitas pessoas têm o sonho de abrir uma empresa, mas para colocar a sua ideia empreendedora em prática, é necessário contar, primeiramente, com um bom capital de giro. E você, sabe o que é capital de giro?

Qual a importância dele para o seu empreendimento? Ou como conseguir um bom capital de giro para manter o seu negócio seguro, mesmo durante períodos de crise financeira?

Se a resposta for não, então continue lendo esse post e descubra:

  • O que é capital de giro;
  • Qual a importância do capital de giro para o empreendimento;
  • Diferença entre capital de giro e investimento fixo;
  • Como conseguir um bom capital de giro para o seu negócio;
  • Dicas para gerenciar o capital de giro.

Confira!

 

O que é Capital de Giro?

 

Antes de mais nada, vamos falar o que significa capital de giro. Ele nada mais é de do que um fundo que a empresa precisa ter para arcar com todas as despesas fixas e variáveis do negócio.

O capital de giro pode englobar desde aquisições para o estoque do empreendimento, até valores em contas bancárias, investimentos, despesas operacionais, dentre outras coisas. Sobre o capital de giro conceito é importante entender para que não haja confusão na hora de abrir uma empresa.

Em resumo, o capital de giro representa o valor que você precisa ter para conseguir financiar as operações no dia a dia da sua empresa e, assim, manter o seu negócio ativo no mercado.

Qual a importância do capital de giro?

 

A importância do capital de giro se dá justamente pelo fato de que é esse capital o responsável por manter a sua empresa funcionando. Independentemente de quanto lucro você tenha, esse fundo precisa ser constantemente atualizado para suprir as necessidades do seu negócio.

Mais do que isso, o capital de giro também irá determinar o quanto a sua empresa pode crescer. Empresas que operam tendo um fundo desses muito baixo, quase sempre correm riscos financeiros a curto, médio e longo prazo. Isso porque, qualquer oscilação na economia poderá quebrar o negócio.

Por conta disso tão importante quanto saber o que é capital de giro de uma empresa, você também precisa tomar alguns cuidados para mantê-lo sempre em percentuais elevados, trazendo mais segurança e estabilidade para o seu negócio.

Qual a diferença do capital de giro para o investimento fixo?

 

Agora que você sabe o que é capital de giro, deve estar se perguntando qual a diferença dele para o investimento fixo. Esta é na verdade uma duvida que muitos empreendedores apresentam na hora de abrir um negócio próprio.

Mas, nesse quesito não há segredo algum. O investimento fixo nada mais é do que tudo aquilo que é adquirido para permitir o funcionamento do empreendimento. Desde maquinários até mercadorias.

Já o capital de giro para empresas é o fundo recorrente que você precisa manter para arcar com as despesas fixas e variáveis do seu negócio. Fazer essa diferenciação é importante, pois dessa forma você se mantem ciente sobre quanto possui em cada categoria, evitando falhas na hora de contabilizar quanto você tem para investir em seu negócio e quanto de dinheiro possui para formar o seu capital de giro.

Como conseguir capital de giro?

 

Sobre o capital de giro significado é algo importante mas também não é a unica coisa que precisa entender como empreendedor. Para manter o bom funcionamento do seu negócio, também é preciso saber como conseguir esse fundo. A verdade é que existem várias maneiras de como conseguir capital de giro.

A mais comum é através de empréstimo para empresa. Geralmente esse tipo de linha de crédito é concedido por Bancos Públicos, como o BNDES. Para obtê-lo é necessário passar por um processo um pouco burocrático.

Isso porque você terá que apresentar à instituição financeira um plano de negócios do seu projeto. Afinal, o Banco só vai liberar o dinheiro para potenciais empresas que realmente possam arcar com as parcelas e até mesmo gerar mais lucros para à instituição em questão.

Também existe o empréstimo para pequenas empresas. Esse pode ser concedido inclusive por Bancos privados, como o Itaú. O processo varia um pouco de Banco para Banco, mas, normalmente envolve a avaliação financeira do empreendedor.

Ainda existe o empréstimo empresarial para Micro Empreendedor Individual. Essa modalidade de crédito tem sido cada vez mais procurada. Afinal de contas, muitos profissionais autônomos e liberais viram no MEI a oportunidade de formalizar os seus negócios.

Assim como nos outros casos você também precisará passar por um processo de análise. Mas, no caso do MEI esse procedimento também acaba sendo um pouco mais fácil.

Contudo o empréstimo é só uma das possibilidades para conseguir capital de giro. Existem outras opções como os investidores anjo, que são empreendedores com mais experiência e recursos que apostam na ideia de um projeto em troca de uma participação nos lucros.

Dicas para fazer uma boa gestão do capital de giro

 

Agora que você já sabe o que é capital de giro, e como consegui-lo através de diferentes meios, chegou o momento de aprender como fazer uma boa gestão desse fundo. Isso porque, apenas dessa maneira você terá condições de pagar todas as despesas da sua empresa e ainda investir no crescimento do seu negócio. Para isso, algumas dicas são super bem vindas. E a primeira delas é:

1.    Tenha um software de gestão para auxiliar na administração do capital de giro

A primeira coisa que você precisa fazer para administrar o seu capital de giro de maneira eficaz é ter um software de gestão. Tenha em mente que ter um negócio próprio é sinônimo de lidar com um grande volume de informações diariamente, inclusive financeiras.

Ao investir em um programa de gestão, você centralizará todos esses dados em um único lugar. Dessa forma, será mais fácil verificar quanto de recurso têm disponível, quanto há de despesas e se é possível utilizar alguma parte do fundo para investir no crescimento do empreendimento.

2.    Mantenha uma boa margem de lucro

A melhor forma de manter e aumentar constantemente o seu capital de giro é tendo uma boa margem de lucro. Com ela, além de conseguir excelentes rendimentos para o seu negócio, será mais fácil manter a saúde financeira dele.

E o software de gestão poderá te ajudar nesse sentindo também. Com ele será mais fácil listar os preços de mercadorias e calcular o lucro de cada item.

3.    Incentive as compras à vista

A sua empresa precisa oferecer o parcelamento de compras. Afinal, os consumidores sempre gostam de ter essa possibilidade na hora de fazer suas compras, não é mesmo?!

Contudo, para manter o seu capital de giro sempre em crescimento, é necessário incentivar o pagamento à vista. Você pode oferecer descontos para quem pagar à vista, e, assim, aumentar o seu capital de giro.

Outra possibilidade é oferecer condições especiais, como frete grátis ou um brinde.

Saber o que é capital de giro, sua importância e como administrá-lo é importante para qualquer empreendedor. Independentemente do porte ou segmento. É esse fundo que manterá a empresa sempre funcionando, com uma boa saúde financeira. Então não deixe de investir em ferramentas que te ajudem a manter um controle eficaz sobre o capital de giro, e outros aspectos do seu empreendimento.

Gostou do post? Já possui um bom sistema de gestão para lhe ajudar na contabilidade do seu capital de giro? Então clique neste link e confira agora mesmo as soluções que a Lexos tem para lhe oferecer.

Artigos que você pode se interessar