Seja qual for o porte do seu negócio, para que ele se destaque. E seja um sucesso, é fundamental contar com uma gestão financeira eficiente. Por isso, nesse post, nós vamos falar sobre gestão financeira. Tratando especificamente da importância do departamento financeiro para o funcionamento de um empreendimento.

Se você tem um negócio e ainda não pensou sobre esta questão. Ou não sabe como estruturar esta área, leia as dicas que trouxemos para você.

Vamos lá!

A importância de um departamento financeiro

Estar à frente de uma empresa não é algo simples, ainda mais no caso dos microempreendedores que precisam dar conta de vários aspectos ao mesmo tempo.

Como a rotina prática é pesada, as questões administrativas costumam ficar em segundo plano, o que é um erro. Isto porque o gerenciamento é o controle que permite você avaliar se os seus negócios vão bem ou não.

E neste ponto, o departamento financeiro é a parte administrativa mais importante da empresa. Ele é responsável por cuidar das finanças, ou seja, dos gastos e vendas, concessão de crédito a clientes, controle de estoque, etc.

E sabendo administrar o capital do empreendimento, é possível fazer bons investimentos e fazê-lo crescer.

Assim, é imprescindível que você estruture o seu empreendimento e crie a área de departamento financeiro.

Como estruturar um departamento financeiro?

Agora que você já sabe o quão é importante ter um departamento financeiro, é hora de conhecer a estrutura interna desta área. Ela é dividida em três grandes partes:

  • Controladoria

É a área que controla todas as questões financeiras da empresa, realizando a parte de planejamento, contabilidade, controle de orçamento e os custos da empresa (os gastos que possibilitam o seu funcionamento, como folha de pagamento, aluguel, dentre outros). Ela é a administradora dos recursos.

  • Tesouraria

É o local que salvaguarda as informações sobre a análise de crédito, contas que devem ser pagas e recebidas (por clientes) e o fluxo de caixa. No geral, a tesouraria é a que administra o caixa/ contabilidade de uma empresa, tendo em mente seus gastos fixos e o faturamento de suas vendas.

  • Fiscal

Sub-parte da administração financeira que controla e emite cupons fiscais de acordo com a legislação, que obriga todos os produtos a possuírem uma nota própria.

Também faz parte de suas responsabilidades decidir qual será o enquadramento fiscal ideal para aquele empreendimento, como lucro real, lucro presumido, etc.

Veja também: Contabilidade gerencial? Saiba o que é e como implementa-la.

Esta escolha é importante para evitar que o empreendedor pague mais tributos do que deveria.

O departamento financeiro fica sob a responsabilidade de um diretor (também chamado de CFO – Chief Financial Officer), que deve orientar as equipes de controladoria, tesouraria e área fiscal.

Como esta é uma área de muita importância, é preciso que este líder tenha um alto grau de concentração e atenção para fazer com que o departamento seja hábil.

O que faz o departamento financeiro?

A partir das três grandes áreas que fazem parte do departamento financeiro, podemos dar exemplos mais concretos sobre as atividades que estão sob sua responsabilidade.  São elas:

  • Controle bancário

Consiste em fazer o controle de todas as movimentações bancárias da empresa, tendo uma real imagem dos recursos disponíveis;

  • Contas a pagar

São os gastos que uma empresa possui para continuar seu funcionamento, como folha de pagamento, compra de matérias-primas ou produtos com fornecedores, impostos, alugueis, etc.

  • Contas a receber

São aquelas referentes ao crédito a ser recebido, proveniente de clientes que compraram à prazo, por exemplo.

  • Tesouraria

É a parte responsável por fazer a contabilidade do dinheiro do empreendimento, sabendo como ele deve ser armazenado. Faz a gerência financeira de uma empresa.

  • Auditoria

Provavelmente a atividade que mais demanda comprometimento das outras áreas e atenção por parte do profissional. Esta é a parte que revisa e avalia toda a atividade financeira de um empreendimento.

Assim, ele recebe as informações de outros sub-departamentos e avalia todos os documentos. Esta revisão visa conferir a fidelidade das informações ali apresentadas e assegurar credibilidade aos relatórios sobre a administração e as finanças da empresa.

  • Faturamento

Esta é a área que avalia as vendas que foram feitas em certo período, observando se houve lucros ou prejuízos naquele período.

  • Planejamento financeiro

Todo planejamento estabelece ações que devem ser executadas para atingir um objetivo. Neste caso, ele é um conjunto de estratégias criadas a partir da análise de informações sobre a estrutura do capital daquele negócio.

Com elas, é possível criar um novo fluxo de caixa, encontrar novos meios de investir o capital disponível, identificar boas fontes de financiamento para a empresa, dentre outras ações que possibilitam que a sua empresa viva no azul e possa seguir prosperando economicamente.

As palavras-chave do departamento financeiro

No dia-a-dia de um departamento financeiro, o responsável encontrará algumas palavras-chave recorrentes e que são importantes para que ele consiga fazer uma boa administração dos recursos da empresa.

Segundo o SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), três delas são de conhecimento obrigatório para um empreendedor de sucesso. São elas:

  • Fluxo de caixa

Este conceito trata da movimentação de recursos em uma empresa em certo momento. É fazer os cálculos e análise do que a empresa recebeu através das vendas e o que ela gastou com fornecedores, impostos, etc. Esta avaliação deve ser feita constantemente para garantir que a conta fique no azul.

  • Demonstrativo de resultados

É uma mostra das atividades financeiras que indica o lucro líquido obtido em um determinado período. A partir dele você sabe  o que deve ser mudado no funcionamento de uma empresa.

  • Balanço patrimonial

Nesta área, o departamento financeiro deve calcular o patrimônio líquido de uma empresa, levando em conta seus gastos fixos e o seu faturamento.

Estes são indicadores da saúde financeira do empreendimento. Portanto, atenção a eles! 

Conclusão

Agora você sabe o que é o departamento financeiro e qual é a sua função na administração financeira de seu empreendimento.

Se você quer crescer e ter boa lucratividade é preciso que faça uma organização prévia possibilitando que você saiba o que está acontecendo com seus negócios e possa tomar decisões corretas.

E para isso, uma gestão financeira eficiente é essencial. Não a deixe em segundo plano. Boa sorte!

Artigos que você pode se interessar