Como sair da crise empresarial e voltar a ter estabilidade econômica em meio a um cenário de crise no qual o Brasil vive hoje em dia?

Dúvidas como essa são bastante comuns no ambiente corporativo. Afinal de contas, devido à crise financeira instalada no pais nos últimos anos, muitas empresas acabaram fechando as portas.

Só para ter uma ideia, segundo as Estatísticas do Cadastro Central de Empresas, divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 341,6 mil empresas fecharam as portas em três anos de crise.

E entre os motivos disso acontecer, o principal deles estava diretamente ligado ao aspecto financeiro.

Muitos empreendimentos acabaram indo à falência, por não estarem preparados para esse tipo de situação, sendo que a raiz desse despreparo está, muitas vezes, associada a uma falta de gestão empresarial eficiente.

E aqueles que ainda não fecharam, acabam entrando em uma fase crítica que parece quase impossível de sair.

Por isso, nesse post irei mostrar o que fazer quando uma empresa está em crise financeira.

Se desesperar e achar que a única saída é abandonar o barco e deixar o seu sonho, bem como todos os seus esforços, morrer não é o melhor caminho.

Saiba que é possível sim sair dessa condição e voltar a crescer. Tudo é uma questão de dar os passos certos e ter um planejamento para finalmente descobrir como sair da crise empresarial.

Por isso, continue lendo esse post e confira o passo a passo de como tirar uma empresa da crise, e vencer as dificuldades financeiras das empresas.

Passo a passo de como sair da crise empresarial financeira

Saber como reerguer uma empresa é um desafio por si só. Isso porque, não existe uma fórmula pronta que se encaixe em todos os tipos de empreendimentos.

O que existem são algumas medidas práticas para driblar a crise na empresa. O primeiro passo você já deu, admitir o problema.

Muitos empreendedores tendem a ignorar esse fato, e acabam só prejudicando ainda mais a situação.

Contudo, é só admitindo o problema que é possível buscar meios de identificar o que causou ele, as consequências, e, claro como resolver a questão.

Mas, se você está aqui é porque reconheceu que existem problemas e que precisa fazer algo para mudar o cenário atual do seu empreendimento. Então, essa primeira fase já foi vencida.

Agora, o próximo passo para você aprender como administrar crises empresariais é:

Comece identificando as causas do problema

O processo de como sair da crise empresarial deve iniciar com a identificação das causas do problema. Esse passo é fundamental, uma vez que você pode combater a causa pela raiz.

Geralmente a crise vem de fontes de desperdício ou de falta de preparo. E apenas como uma análise profunda e uma identificação que será possível traçar um plano de ação para o seu empreendimento.

É como se a sua empresa tivesse doente. Para saber qual tratamento deve ser feito, antes é preciso identificar a doença que está comentando o seu empreendimento.

Com base nesse diagnostico detalhado, é que você poderá tratar melhor o problema e, assim, evoluir na descoberta de como sair da crise empresarial que o seu negócio está passando no momento.

Mas como identificar essas causas?

Se você atua com planilhas, o ideal é começar analisando cada uma delas. Dessa forma, será possível identificar, por exemplo, despesas altas que podem ser reduzidas.

Mas, de antemão, fique sabendo que apenas manter planilhas como ferramenta de controle é um problema.

Isso porque, elas são consideradas obsoletas. Como elas são preenchidas manualmente, a chance de ocorrem erros são maiores (e qualquer centavo errado pode prejudicar o seu negócio).

Além disso, elas exigem um tempo muito grande, que acaba prejudicando outras tarefas administrativas. Por isso, o ideal é que você providencie um software de gestão.

Por meio dele você poderá centralizar todas as operações do seu negócio, e ainda executá-los de maneira otimizada e na metade do tempo que normalmente levaria caso realizasse esse processo de gestão manualmente.

Nesse sentido, o sistema para empresas Lexos é uma excelente alternativa, uma vez que ele possui uma série de ferramentas de controle, como geração de relatórios, que são muito interessantes para empresas que estão saindo da crise, ou estão no processo de começar a sair.

Além disso, através dos relatórios gerados por esse programa, será possível analisar as causas do problema na sua empresa, fazendo com que você consiga traçar um diagnóstico mais preciso sobre o que fez o seu negócio entrar em crise.

E várias causas podem ter gerado o estado de alerta no seu negócio. Contudo, algumas causas são consideradas mais comuns. Entre elas estão:

  • Alto faturamento mais pouco lucro (isso ocorre quando a empresa vende muito, mas a margem de lucro não é o suficiente);
  • Não conseguir atender compromissos financeiros por falta de recursos;
  • Atraso no pagamento dos fornecedores;
  • Queda no volume de vendas;
  • Metas não atingidas;
  • Despesas maiores que rendimentos;
  • Entre outros.

Identificando as causas da crise financeira na empresa, será mais fácil avaliar quais os próximos passos que devem ser dados.

Busque alternativas

Tenha em mente que a partir do momento que você identifica as causas do problema, você já está vencendo a crise financeira no seu empreendimento. Agora, tudo é uma questão de buscar alternativas.

Dependendo das causas que foram identificadas, você poderá buscar alternativas para acabar com elas e assim restabelecer a estabilidade e tranquilidade do seu negócio.

É possível tomar vários tipos de decisões de como sair de crise empresarial. Mas existem algumas mais comuns que podem ajudar empresas de diferentes segmentos, são elas:

  • Reduzir despesas desnecessárias;
  • Ampliar a cartela de serviços e produtos para atender um público maior;
  • Mudar o nicho de atuação;
  • Reduzir o tamanho do empreendimento;
  • Fechar o negócio.

Como você pode ver acima, existem várias medidas que podem ser tomadas em uma crise empresarial. Algumas mais simples, e outras extremamente drásticas (como é o caso do fechamento do negócio).

Mas apesar das opções acima serem as principais, podem existir outras alternativas para o seu negócio. E você só conseguirá identifica-las através do diagnóstico.

Por isso é tão importante ter ferramentas que te ajudem a identificar as causas do problema. Com elas também será mais fácil buscar alternativas para vencer esse momento delicado e voltar a crescer.

Planejamento, aperfeiçoamento de estratégias, e estabelecimento de ações

Depois que você identificou qual a melhor alternativa de como sair da crise empresarial, para o seu negócio, é hora de traçar um caminho rumo a esse objetivo.

Nesse momento, você deverá estabelecer estratégias e ações, bem como um planejamento. Também é interessante ter um plano B, afinal de contas, nunca se sabe quando algo pode mudar e você precise ter um outro caminho a seguir.

Para que o seu planejamento de superação de crise financeira seja realmente eficaz, é necessário que ele tenha alguns itens importantes. São eles:

  • Coloque metas que sejam realmente possíveis, e que estejam de acordo com a realidade do mercado. Além disso, é preciso estabelecer o prazo de concretização desses objetivos;
  • Crie indicadores para monitorar o andamento do planejamento;
  • Fique de olho nesses indicadores para avaliar a necessidade de algum redirecionamento;
  • Estabeleça ações de marketing que ajudem o seu empreendimento a tingir o seu público de maneira mais eficaz;
  • Adeque as condições de venda dos seus produtos e serviços conforme a realidade do mercado;
  • Mantenha o seu plano e ação sempre atualizado, de modo que ele vá atendendo as demandas do mercado e dos clientes.

Os itens acima são primordiais para um planejamento realista, que realmente possa ajudar a sua empresa a se restabelecer no mercado.

Execute um plano de ação

Não importa se você vai tentar mudar de nicho, reduzir o tamanho da empresa, ampliar a cartela de produtos ou até mesmo fechar o negócio. Em todos os casos você precisa se planejar.

Mas, como nosso objetivo aqui é te mostrar como sair da crise financeira, mantendo o seu negócio, vamos por uma visão mais otimista. Você fez todo o levantamento de informações e traçou um plano de ação.

Agora é a hora de colocá-lo em prática. Se você seguir a risca os passos anteriores, provavelmente já estará mais confiante e confortável nesse momento.

Mas mesmo assim, colocar um plano em prática é um momento delicado. E para te ajudar nós separamos quatro dicas de ouro.

A primeira delas é ter um plano B de recuperação. Isso te ajudará a não se desesperar caso algo não siga conforme o planejado.

Mantenha um monitoramento constante dos resultados do seu plano de ação.

Conte com profissionais especializados que possam te ajudar a elaborar e colocar o plano em prática. Caso você não tenha esses especialistas na sua equipe, terceirize para garantir o sucesso.

Mantenha um controle ainda mais rígido

Depois de todos os passos anteriores, você deve ter percebido como ter controle sobre tudo no empreendimento é possível. Logo, é fundamental que você invista em um software de gestão.

O programa de gestão da Lexos pode te ajudar nesse sentido. Com ele, você poderá acompanhar o desempenho do seu negócio de qualquer lugar. E o melhor de tudo é que será possível centralizar tudo em um único lugar, otimizando a administração do empreendimento.

Saber como sair da crise empresarial é o primeiro passo da superação.

Agora que você já conhece os passos que devem ser dados para saber como sair da crise empresarial, não deixe de começar o seu planejamento. Seguindo as orientações acima, e mantendo um bom controle do seu negócio através de um sistema de gestão, será mais fácil superar esse momento de dificuldade e voltar a crescer.

Artigos que você pode se interessar