O boleto bancário é uma das facilidades que você pode usar para otimizar o seu dia a dia. Essa é uma das formas de pagamento mais utilizadas no Brasil, por empresas de diversos segmentos, desde operadoras de telefonia, lojas físicas até e-commerces.

O pagamento por boleto, geralmente, oferece taxas mais vantajosas,o que atrai muitos consumidores. Inclusive, algumas empresas acabam concedendo descontos para quem opta por essa modalidade de pagamento.

Outro diferencial é que caso o boleto de cobrança seja pago em atraso, o cálculo de taxas e multas por conta do pagamento atrasado é feito de forma rápida, pela própria instituição financeira que receberá o documento.

Quer saber mais sobre como funciona o pagamento por boleto bancário? Então continue lendo esse post e descubra:

  • O que é boleto bancário;
  • Como funciona o boleto bancário
  • Entenda os campos do seu boleto bancário;
  • Como emitir esse documento.

Você sabe como reduzir a a inadimplência em sua empresa?   Saiba como controlar a inadimplência na sua empresa!

O que é boleto bancário?

Antes de falar sobre como emitir boleto, é importante deixar claro o que é esse documento. O boleto bancário nada mais é do que um título utilizado para a cobrança de valores.

Ele pode ser emitido tanto por empresas, como também por pessoas físicas que tenham uma conta bancária. Sua emissão pode ser efetuada tanto de maneria avulsa (que é a mais utilizada), como na forma de carnê, para pagamentos recorrentes.

Como funciona o boleto bancário

Se você é um empreendedor e deseja emitir boleto, é necessário procurar o gerente do Banco responsável por sua Conta Corrente.

As instituições financeiras, normalmente, têm carteiras específicas para as pessoas que desejam gerar boletos de cobrança. Dessa forma, você pode oferecer essa modalidade de pagamento para seus clientes.

Para fazer a emissão de boleto, é possível utilizar tanto o sistema próprio do seu Banco, ou, optar por sistemas externos que te auxiliarão a preencher todos os campos do documento.

Entenda os campos do seu boleto bancário

Antes de falar como emitir esse documento, é importante que você entenda o que é cada campo do boleto bancário. Você terá que preenchê-los antes de enviá-lo para o seu cliente.

Confira abaixo um modelo de boleto:

boleto bancário

No modelo de boleto acima é possível identificar todos os campos do documento. Todos os boletos precisam vir com esses dados e também com uma parte a ser destacada para que sirva de comprovante de pagamento para o cliente.

Agora, confira abaixo os campos obrigatórios do boleto bancário:

  • Sacado:

Muitos empreendedores não sabem o que é sacado. No boleto bancário, esse campo é onde você colocará o nome de quem pagará o documento, ou seja, seu cliente.

  • Cedente:

É quem está emitindo o boleto bancário. Ou seja, você ou a sua empresa.

  • Código do Cedente ou Agência/Código Beneficiário:

É onde será depositado o valor do documento. No caso da agência, são entre 3 e 5 números. Já o código do beneficiário/cedente, são de seis a 12 números.

  • Valor do Título:

É o valor total do boleto bancário, em reais. Você também deve incluir todas as condições de pagamento, como multas e juros.

  • Vencimento:

Prazo máximo para pagamento sem o acréscimo de encargos.

  • Juros e multa de mora:

São todos os encargos cobrados caso o cliente não pague o boleto até o vencimento. No Brasil existe o juros de mora que é definido por mês e é proporcional aos dias atrasados e multa de mora que é aplicada uma única vez.

  • Nosso Número:

Essa é a numeração que identifica o boleto bancário. Ele faz parte da linha digitável, é único e não pode ser repetido.

  • Linha digitável:

É a numeração que identificará todos os dados do boleto bancário, desde a carteira de cobrança, até o valor total e o Banco.

  • Código de barras:

O código de barrar nada mais é do que a linha digitável adaptada para a leitura em máquinas. Esse item também ´exclusivo e é feito da combinação de barras com diferentes larguras.

Saber exatamente quais sãos os campos de um boleto bancário lhe ajudará na hora de emitir o documento. Geralmente, os itens de juros são calculados novamente quando o cliente solicita a reemissão do documento, mas, em alguns casos o cálculo pode ser feito pelo próprio atendente de cobrança, como é o caso das casas lotéricas.

 

Como emitir boleto bancário?

Saber como gerar boleto bancário é fundamental para qualquer empreendedor que deseja trabalhar com essa modalidade de pagamento, pois, esse é um processo que você realizará constantemente para os seus clientes.

Esse procedimento é bem simples, mas, pode variar um pouco dependendo da Instituição Financeira ou do sistema de emissão utilizado. Confira abaixo como emitir boleto bancário:

  1. A primeira coisa que você precisa fazer é solicitar esse serviço para o seu Banco, ou, abrir uma conta corrente que permita a emissão desse documento.
  2. Em seguida, você precisa escolher um software para realizar a emissão do boleto bancário. O próprio Banco pode te fornecer um, ou, você pode escolher um software de gestão financeira que irá te auxiliar na emissão deste documento.
  3. O próximo passo é reunir todos os dados do cedente, que é quem está fazendo a cobrança (pode ser você ou a sua empresa).
  4. Agora, reúna os dados do sacado (cliente).
  5. Estabeleça qual é o a data de vencimento do boleto, bem como o valor dele.
  6. Em seguida, siga os passos para geração de boleto bancário da ferramenta que você escolher para emissão.
  7. Pronto, agora você pode imprimir o boleto para o cliente, ou, enviar um link com a versão em PDF do documento. Esse link pode ser enviado por e-mail ao cliente.

É importante que você controle o pagamento do documento junto ao banco, independentemente se ele for avulso ou em carnê. Caso o cliente não faça o pagamento até a data de vencimento e solicite outro boleto, é necessário refazer o processo, mas, atualizando o prazo.

Esse artigo teve como objetivo te ajudar a emitir o boleto bancário para seus clientes de forma simples e prática. Dessa forma, você terá mais uma opção de pagamentos a oferecer.

Lembre-se, essa é uma comodidade tanto para sua clientela como também para você.

Gostou do conteúdo? Então aproveite para ler também o nosso post sobre Nota Fiscal Eletrônica para MEI e saiba como emitir esse documento.

Artigos que você pode se interessar